Minicursos SIVASF 2017


PRÁTICAS PROFISSIONAIS INCLUSIVAS

Ministrante: Dra. Karla Daniele Maciel Luz (UNIVASF)
Data de Realização: 10/10 de 14:00 às 18:00
Carga horária: 04 horas
Vagas: 40
Valor da Inscrição: Gratuito
Ementa:Princípios básicos da inclusão social das pessoas com deficiência, deficiência social, nomenclatura, legislação, prática profissional inclusiva tendência universal.

VAMOS TREINAR? VOCÊ PODE LIDAR COM O ESTRESSE DE FORMA MAIS SAUDÁVEL! MINDFULNESS NA VIDA DIÁRIA

Ministrante: Mirele Bonfim
Data de Realização: 10/10 de 14:00 às 18:00
Carga horária: 04 horas
Vagas: 40
Valor da Inscrição: Gratuito
Ementa: A ansiedade é um sentimento natural, faz parte de nossa espécie, e, portanto, deveria ser aceita como parte da vida cotidiana. Entretanto, muitas pessoas, quando sentem ansiedade, passam a lutar contra ela. Incentivadas pela cultura ocidental, buscam eliminá-la, discutindo consigo e até enfrentando alguns pensamentos, o que gera o efeito contrário: intensificam-na ainda mais. Diante desta constatação, em 1979, o médico Kabat-Zinn fundou o Mindfulness Based Stress Reduction – MBSR –, na Universidade de Massachusetts, para ajudar as pessoas a conviverem melhor com estresse, dores e doenças. Após obter bons resultados, mais pesquisas têm sido feitas sobre o programa e a prática de Mindfulness tem sido difundida em diversos países, incluindo-se o Brasil. Mindfulness é traduzido como Atenção Plena. Esse tipo de atenção permite aprender a se relacionar de forma direta com aquilo que está acontecendo na vida, aqui e agora, no momento presente, uma vez que o poderoso cérebro humano costuma transitar com frequência entre passado e futuro. Em outras palavras, viver com Atenção Plena ao momento presente é aprender a saborear a vida quando se mostrar agradável, a aceitar as situações inevitáveis e a agir para modificar o que pode e precisa ser ajustado em si e no mundo. Esta prática tem ganhado cada vez mais respaldo científico e apoiado participantes a lidar de forma mais leve e produtiva com a vida, ao mudar a relação com o estresse e a ansiedade.

FUNDAMENTOS PARA REVISÃO SISTEMÁTICA

Ministrante: Dr. Daniel Tenório da Silva (UNIVASF)
Data de Realização: 10/10 de 14:00 às 18:00
Carga horária: 04 horas
Vagas: 30
Valor da Inscrição: Gratuito
Ementa: Níveis de evidência científica; Revisão Sistemática e Metanálise; Elaboração de estratégia de busca; Descritores e palavras-chave; Bases de dados; Documentação; Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses; CONSORT Statement; The Newcastle-Ottawa Scale; Strengthening the Reporting of Observational studies in Epidemiology.

ECOFISIOLOGIA DE PLANTAS CULTIVADAS NO VALE DO SÃO FRANCISCO

Ministrante: Miguel Julio Machado Guimarães
Data de Realização: 10/10 de 14:00 às 18:00
Carga horária: 04 horas
Vagas: 30
Valor da Inscrição: Gratuito
Ementa: A ecofisiologia é um ramo da ciência que estuda as respostas morfofisiológicas das plantas nos ambientes. O estudos desta ciência procura entender o comportamento de plantas individuais dentro de sua comunidade, assim como, os seus mecanismos adaptativos ao estresse imposto pelos fatores bióticos e abióticos do ecossistema que habita. Os estresses ambientais desempenham um papel importante na limitação da produção de espécies vegetais em diferentes ambientes. Em condições naturais as plantas estão frequentemente submetidas a estresses, e a forma com que estes agem sobre o seu desenvolvimento irá variar em função da sua carga genética. Em ambientes agrícolas diversos são os estresses que as plantas podem enfrentar. Tratando-se de fatores isolados podem-se citar problemas com salinidade, déficit hídrico, extremos de temperaturas, entre outros. No entanto, no ambiente as plantas estão submetidas ao conjunto de fatores, sendo seu comportamento reflexo da interação entre os mesmos. Diversas são as respostas que são dadas frente a um estresse. Estas variam desde parâmetros fisiológicos (condutância estomática, taxa de transpiração e fotossíntese), biométricos (Altura, área foliar, produção de biomassa), a bioquímicos (solutos osmorreguladores, enzimas antioxidantes). Diante do exposto, será realizada uma conceituação de ecofisiologia vegetal, dando ênfase aos efeitos do ambiente sobre o metabolismo das plantas. Serão abordados os seguintes pontos-chave:
1. O AMBIENTE COMO FATOR DE ESTRESSE
a) Características físicas do ambiente como fator de estresse;
b) Estresse abiótico.
2. O METABOLISMO VEGETAL E SUAS VARIAÇÕES EM RESPOSTA AO AMBIENTE
a) Crescimento, desenvolvimento e suas variações em resposta ao ambiente;
b) Alterações nas trocas gasosas em respostas ao ambiente.
3. RELAÇÃO ENTRE ESTRUTURA E FUNÇÃO COMO MECANISMOS ADAPTATIVOS
a) Adaptações dos vegetais que auxiliem o suprimento de água e nutrientes minerais;
b) Adaptações que favoreçam o desenvolvimento e crescimento vegetal em ambientes salinos.

Uso da Energia Solar para Secagem de Frutos

Ministrantes: Dr. Marcelo Bezerra Grilo (UFCG) e Eng. Paulo Germano Pinto (UFCG)
Número de Vagas: 30
Valor da Inscrição: Gratuito
Ementa: Esse minicurso tem o objetivo de: Propiciar troca de experiências com interessados em difundir o uso da energia solar na secagem de produtos agrícolas, em particular na secagem de frutos; Promover o uso de tecnologias de energias alternativas apropriadas ao semiárido e de baixo custo, e contribuir para a qualidade de vida da população do campo; Difundir a experiência da Universidade Federal de Campina Grande no desenvolvimento de secadores solares usados na secagem de frutas.

Realização:

Apoio: